segunda-feira, 4 de julho de 2016
A sonda espacial Juno da NASA entrou na magnetosfera de Júpiter, onde o movimento de partículas no espaço é controlado pelo o que acontece dentro do planeta, informa o site da agência espacial norte-americana.
[A sonda] acabou de cruzar a fronteira, bem na área de Júpiter. Ela está se aproximando do planeta e logo obteremos dados valiosos”, anunciou o pesquisador Scott Bolton.
A sonda Juno partiu de Cabo Canaveral, que fica na Flórida, nos Estados Unidos, em agosto de 2011 e já quase concluiu a sua viagem para o gigante gasoso. Ao cruzar o arco de choque e entrar no campo magnético do gigante planeta gasoso, os cientistas foram capazes de gravar em 24 de junho, um som estranho, descrito por um jornalista do Gizmodo como o som de um “voo para o inferno.”

Nós fomos capazes de sentir o que se ouve ao entrar no território de Júpiter. Somente este som pode definir até que ponto entrar em Júpiter não é algo trivial”, comentou Bolton em uma conferência de imprensa da NASA.
O choque de arco, explica o Gizmodo, é essencialmente “a porta externa” ao campo magnético de Júpiter. A medida que as partículas carregadas conhecidas como vento solar, se aproximam deste escudo invisível a velocidades supersônicas, elas se esquentam e desaceleram produzindo algo como um estrondo sônico. 

Related Posts Um Nerd Disse...

FACEBOOK

ARQUIVO

Nossa Playlist

VEJA TAMBÉM

Google+

Tecnologia do Blogger.