terça-feira, 27 de dezembro de 2016
A atriz Carrie Fisher, a princesa Leia de "Star Wars", morreu nesta terça-feira (27) aos 60 anos. A informação foi confirmada por um porta-voz da família à revista "People". 
"É com profunda tristeza que Billie Lourd confirma que sua amada mãe Carrie Fisher morreu às 8h55 desta manhã", disse Simon Halls à publicação. "Ela era amada pelo mundo e fará profunda falta. Toda nossa família agradece pelos pensamentos e preces". 
Na última sexta-feira, Fisher sofreu um ataque cardíaco durante um voo que ia de Londres para Los Angeles. Ela foi socorrida por um técnico em emergência durante o voo e chegou a ser levada ao UCLA Medical Center após o pouso da aeronave.
Uma das personagens mais marcantes da saga "Star Wars", Princesa Leia foi convocada para atuar nos filmes mais recentes da saga. Em "Episódio VII: Despertar da Força" (2015), ela retorna envelhecida, como uma das líderes da resistência contra o Império.
A continuação, que será lançada em 2017, também terá sua participação, que já foi toda gravada. Para alegria dos fãs, Fisher também faz uma rápida e emocionante aparição no recém-lançado "Rogue One: Uma História Star Wars", ainda em cartaz nos cinemas.


Divulgação

De símbolo sexual a General Organa

Escalada para o papel de princesa Leia quando tinha 19 anos, Fisher só entrou para a saga de George Lucas depois de aceitar a condição de emagrecer 5kg, algo que ela classificou em sua biografia recém-lançada, "Memórias da Princesa: os Diários de Carrie Fisher", como "desanimador".
Assim como outros atores do filme, a atriz recebeu o piso da categoria, cerca de 500 libras por semana, para atuar no primeiro episódio da franquia. Ela também contou que odiava fazer o penteado da personagem e que ficou surpresa por se tornar um símbolo sexual da época, pois a atriz se considerava feia.
"O que eu via no espelho não era aparentemente o que os garotos viam. Quando homens, desde cinquentões até jovens demais para o conforto da idade permitida pela lei, quando homens me abordam para dizer que eu fui o primeiro amor deles, digamos que eu tenha sentimentos confusos", diz Fisher no livro.
Ainda na biografia, a atriz revelou que teve um caso de três meses com o ator Harrison Ford, seu colega de set, durante as filmagens do primeiro longa da trilogia clássica de "Star Wars".
Trinta e dois anos após o lançamento de "Star Wars: O Retorno do Jedi", Fisher reviveu seu papel icônico de Leia na continuação da saga. Em "Star Wars: O Despertar da Força" (2015), Fisher interpretou a General Organa. "Foi como se estivéssemos num acampamento. Harrison e eu ficamos um pouco derretidos no set", disse a atriz na época do lançamento.
Filha do cantor Eddie Fisher e da atriz Debbie Reynolds, Carrie deixa uma filha, Bille Catherine, fruto de seu relacionamento com o empresário Bryan Lourd. Ela também foi casada com o cantor Paul Simon.

Fonte: UOL Cinema
Related Posts Um Nerd Disse...

PESQUISAR

Carregando...

FACEBOOK

ARQUIVO

Nossa Playlist

VEJA TAMBÉM

Google+

Tecnologia do Blogger.